Amar sem medo

 

Ao compartilhar com outros que estamos partindo para outro país para servir a Deus entre povos muçulmanos, muitas perguntas vêm à tona. Contudo, uma pergunta em especial, tão simples e tão frequente: “mas vocês não têm medo?” ou ainda uma afirmação semelhante: “que coragem!”.
Acredito que tais palavras refletem muito do que se acredita hoje sobre os obreiros, sobre a obra, e sobre os povos. Entende-se que o obreiro é alguém que dota de uma coragem especial, sobrenatural, quase como um super-poder. Entende-se também que a obra entre muçulmanos é um campo de batalha com morte certa e sem esperança de vitória. E ainda que os muçulmanos – campos já prontos para a colheita, nas palavras de Jesus (João 4.35) – são gente violenta, hostil, infrutífera, e inalcançável.
Quando sou alvo da curiosidade ou admiração dos irmãos neste sentido, minha mente já se enche de palavras que gostaria de falar para “corrigir” aspectos equivocados da perspectiva da Igreja, mas, ao mesmo tempo, o Espírito Santo enche meu coração da Palavra, que traz a resposta certa.

“Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro.”
1 João 4.7-8, 18-19

O texto da carta de João me encoraja a olhar para o sacrifício de amor de Deus (1 João 4.10) e desejar amá-lO da mesma forma pela qual Ele me amou (1 João 4.19). Ao conhecer a Deus, conheço o amor e quero retribuir amando ao Senhor, obedecendo o Seu chamado, amando o irmão que me questiona e também os muçulmanos, porque o amor é de Deus. Amar é resultado do meu nascimento no amado Senhor.
A Bíblia também me assegura que “o perfeito amor lança fora o medo”. Qualquer insegurança por entrar no meio de desconhecidos ou por estar onde poderia sofrer algum tipo de violência por crer em Jesus é ofuscada pelo Amor Perfeito que me aperfeiçoa por meio do Espírito Santo. Eu amo sem medo porque Ele me amou primeiro.
A princípio, minha resposta para a famosa pergunta é “sim”. Às vezes fico com medo das coisas que a mídia propaga e da imagem equivocada que o ocidente pintou dos muçulmanos. Meu chamado missionário não me trouxe um poder sobrenatural e não tirou minha insegurança diante do futuro; mas esta certeza tenho, que Jesus me trouxe o perfeito amor e leva embora o meu medo. Sou nascida de Deus e aperfeiçoada Nele e por meio Dele em amor. Meu desafio diário é olhar para os muçulmanos com os olhos de Cristo, assim como pode ser o seu desafio, meu irmão. Sejamos aperfeiçoados pelo amor do Senhor e não dominados pelo medo.

Bela Milano

Compartilhe:

Você também poderá gostar:

6 comentários

  • Ízias disse:

    Minha irmã. Que texto maravilhoso! Continuem com a obra tão necessária. A minha oração é para que o nosso Senhor Jesus continue encorajando a vocês.

  • Abigail F O Richter disse:

    Muito bom o texto.
    Amar é isso. Pensar no outro e em servir apesar de e nao por causa que.
    Cristo nos amou apesar do que somos, e não por quem somos.
    Parabéns e obrigada.

  • Rodrigo disse:

    Ammmémm glória a Deusss mana !!! Que o Senhor continue falando a nós e aos nossos amigos muçulmanos através da sua vida !!! Abraçao !!

  • Lucy disse:

    Texto maravilhoso e encorajador, muito obrigada querida irmã por compartilhar conosco deste amor expresso em suas palavras! Estou certa de que as pessoas com que você trabalhará, sentirão este amor e serão despertadas a conhecer mais sobre ele. Te desejo muitas bênçãos em sua missão!

  • Irmão Mehdi
    Vivo em Lisboa Portugal preciso urgente do seu livro, como faço para adquirir..
    Estou impactado com sua história de vida que vi hoje no YouTube.
    Geraldo almeida
    gsalmeida.jesus @gmail.com

  • Ana disse:

    Texto maravilhoso!
    A reação das pessoas quando alguém diz a tem chamado para ir até os povos mulçumanos não pode ser pior, mas o versículo sobre o amor que tu trouxe põe tudo por terra.

Deixe seu comentário!